Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017 - 20:56:38

O que você achou deste site?

Bom
Ruim
Ótimo

584299

12/02/2013 - 12:07:00

O SIMBOLISMO DAS CINZAS

O SIMBOLISMO DAS CINZAS

A Quarta-Feira de Cinzas marca o início dos exercícios quaresmais. A Quaresma é o tempo que a Igreja se reveste do roxo da penitência e por meio da interiorização repensa o sentido da conversão. Tudo isto nos prepara para a vivência da Páscoa, a passagem da morte para a vida, do pecado à libertação dos filhos de Deus. Na sequência apresentaremos um texto do Pe. Antônio Coelho (Curso de Liturgia Romana, 1941), sobre o sentido do uso das cinzas e complementaremos com sua aplicação prática à nossa vida espiritual.


A cinza é o símbolo da penitência, da dor e do luto. É imagem da fragilidade humana, devido á sua leveza. Dizem Abraão e Jó a Deus:"Sou apenas cinza e pó" (Gen 18,27; Jó 30,19).
No antigo testamento, lê-se que para os judeus para expiar os seus pecados ou para apartar de si as tribulações da doença, fome e guerra, se cobriam de cinza, se prostravam na cinza ou comiam pão misturado com cinza. A cinza dos holocaustos era tida como sagrada (Lev. 1,16; 4,12; 6,10). Por vezes misturada com água, servia para aspergir e purificar a assembléia.
Na liturgia católica as cinzas são empregadas no início da Quaresma, na Quarta-Feira de Cinzas. Primitivamente, só os penitentes públicos, depois de confessadas suas culpas diante da comunidade, eram vestidos de cilício e cobertos de cinzas e expulsos do templo. À medida que a penitência pública foi caindo em desuso, esse rito foi sendo simplificado a estendido a todos os fiéis (século IX).
A liturgia de Dedicação das Igrejas contém um rito muito particular anterior ao século VII.  No pavimento da Igreja são traçadas duas linhas transversais em forma de Cruz de Santo André. O pontífice escreve com a extremidade do báculo numa delas o alfabeto grego e noutra o alfabeto latino.Esse rito representa a delimitação do solo sagrado e a tomada de posse em nome de Jesus Cristo. Ainda no mesmo ritual, a cinza é misturada à água, sal e vinho para exorcizar o Altar e o Templo.
O uso das cinzas é também estendido às residencias dos fiéis. Pode ser misturada à agua e sal para apartar o mal, sempre jogando nos cantos da casa, servindo como água lustral, para eliminar os espíritos das sombras.


Fonte: Curso de Liturgia, 1941 - Pe. Antônio Coelho




CLIQUE AQUI

VELAS JÁ ACENDIDAS: 1894
Quaresma 2017
Casamento Felipe e Danielle
JUBILEU DOS 70 ANOS DA ICAB
Missa no Monte das Bem aventuranças na Galiléia
Hino da Vitória
3º domingo da Quaresma
2º Domingo da Quaresma
Resumo da Tipificação de Jesus na Bíblia de Gênesis a Apocal...
Exorcismo de São Miguel Arcanjo 2016. (9 fotos)
CASAMENTOS NA PARÓQUIA E EM CLUBES (57 fotos)
Missas das Crianças (4 fotos)
Festa de Nossa Senhora da Medalha Milagrosa (36 fotos)
PEREGRINAÇÃO TERRA SANTA (22 fotos)
MISSA DE NOSSA SENHORA DA MEDALHA MILAGROSA (4 fotos)
Homenagens da Paróquia (1 fotos)
CELEBRAÇÕES NATALINAS EM COMUNIDADES MISSIONÁRIAS - DISTRIBU... (12 fotos)
ESPAÇO MUSICAL
Página Inicial | Testemunhos | Quem Somos | Nossa Sede | Nossa História | Padroeira | Localização
Missas | Novena | Batismo | Crisma | Eucaristia | Casamento | Mensagem da Semana | Santo do Dia
Agenda | Informativos | Galeria de Fotos | Vídeos | Notícias | Fale Conosco | E-mail

PARÓQUIA NOSSA SENHORA DA MEDALHA MILAGROSA
Endereço: Sgas 910 Conjunto B Bloco C, 30 - Asa Sul - Brasília /DF - (61)3443-8992-9692-3524

© Web Conexão Informática Ltda - Todos os direitos reservados